Coronavírus no Piauí

CRM e OAB pedem lockdown pelos próximos 14 dias no Piauí

De acordo com o documento, as entidades levaram em consideração os dados alarmantes referentes a pandemia em todo o Brasil.
13/03/2021 08h59 - atualizado

Nessa sexta-feira (12), o Conselho Regional de Medicina (CRM) do Piauí, juntamente com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Piauí, o Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) e o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito), assinaram uma nota conjunta pedindo a determinação de medidas mais rígidas de combate à Covid-19 no Piauí.

Dentre as medidas solicitadas na nota, os órgãos pedem o fechamento de todas as atividades e serviços, com exceção daqueles considerados essenciais, pelos próximos 14 dias.

De acordo com o documento, as entidades levaram em consideração os dados alarmantes referentes a pandemia em todo o Brasil.

“Esta nota vem em momento crucial ante o colapso da saúde e não exime, de forma alguma, a responsabilidade do poder público na manutenção das escalas completas de profissionais de saúde – em virtude de dispormos de profissionais em quantidade e qualificação suficientes para ocupá-las”, ressalta a nota.

A nota finaliza com as entidades solicitando a colaboração de toda a sociedade (poder público e população em geral) para que o estado possa enfrentar a atual situação de crise na saúde.

Mais na Web