Piauí

Daniel Marçal é empossado como novo secretário do Meio Ambiente

O gestor ambiental já desenvolvia trabalhos na equipe da secretaria desde 2007 e deverá assumir o cargo que foi deixado pela professora Sádia Castro.
  • LETÍCIA DUTRA
20/10/2021 16h23 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (20), Wellington Dias, governador do estado, empossou Daniel Marçal como novo secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. O gestor ambiental já desenvolvia trabalhos na equipe da secretaria desde 2007 e deverá assumir o cargo que foi deixado pela professora e pesquisadora Sádia Castro.

O governador do estado destacou que o Piauí, em termos ambientais, é considerado um estado diferenciado no Brasil por conta de seus territórios com reservas naturais.

  • Foto: Governo do EstadoDaniel Marçal será novo secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.Daniel Marçal será novo secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

“Aqui estamos dando posse ao Daniel Marçal que já compõe a equipe da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, e agora como secretário. O Piauí é um estado estrategicamente diferenciado no Brasil, nessa área ambiental, porque nós temos 2/3 do território ainda com reserva natural no bioma Amazônia, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, uma região frágil e com grande potencial de desenvolvimento e nós queremos encontrar um caminho que seja diferente, queremos cumprir o acordo de Paris e ganhar condições de receita”, explicou o governador.

O novo secretário Daniel Marçal, agradeceu a Wellington Dias e afirmou que possui expectativas positivas para a nova gestão da pasta.

“Quero primeiramente agradecer essa confiança que foi dada pelo governador Wellington Dias para que nós tocássemos o trabalho da Semar priorizando sempre o caráter técnico, mantendo nossa equipe de funcionários e de auditores da casa trabalhando sempre em sintonia com eles e pelo fato de fazer parte também dessa equipe e fazer com que a Semar cumpra com suas competências de órgão gestor ambiental e de recursos hídricos”, afirma Daniel Marçal.

O novo gestor finalizou afirmando que ainda existem pontos para avançar com relação as demandas de licenciamento ambiental e que a equipe deve ouvir a população.

“Há alguns pontos a avançar, principalmente com as demandas de licenciamento ambiental buscando sempre atender com celeridade aos anseios da população que necessita dos serviços do órgão”, conclui o novo secretário.

Mais na Web