Política

"Decisão do STF adiará prisão dos ricos", diz Roberto Jefferson

O ex-deputado e presidente nacional do PTB disse que a decisão do STF de derrubar a prisão para condenações em 2ª instância vai de encontro com uma reivindicação popular.
08/11/2019 15h00 - atualizado

O ex-deputado federal Roberto Jefferson esteve em Teresina na manhã desta sexta-feira, 8 de novembro, para participar de um evento de filiações do PTB, partido do qual é presidente nacional.

Na ocasião, Roberto Jefferson foi questionado sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de derrubar a prisão para condenações em 2ª instância, onde afirmou que a decisão vai “adiar a prisão dos ricos”.

  • Foto: Kelvyn Coutinho/ViagoraRoberto Jefferson, presidente nacional do PTB, em evento do partido em Teresina.Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, em evento do partido em Teresina.

“Eu entendo que a Justiça é para todos. Quando se fixou a prisão em segundo grau, todos foram presos. Empresários ricos, políticos poderosos. Com isso, você vai adiar a prisão dos ricos”, comentou.

O ex-deputado relatou ainda que a decisão tomada pelo Supremo vai de encontro com uma reivindicação popular.

“É uma discussão legal. Eu entendo que a lei nasce do comportamento. Como se escreve a lei? A partir do comportamento humano, você observa a conduta e depois escreve a lei. O povo queria isso, ver os ricos e poderosos cumprir pena como também cumprem os mais pobres”, frisou.

Mais na Web