Coronavírus no Piauí

Defensoria Pública permanece em trabalho remoto até dia 30 de abril

Segundo a Defensoria, foi levado em conta a necessidade de dar continuidade aos esforços para assegurar o cumprimento e a eficácia das medidas sanitárias em vigor.
19/04/2021 18h16 - atualizado

A Defensoria Pública do Estado do Piauí permanece em regime de trabalho remoto até o dia 30 de mêsm com o objetivo de dar continuidade a adoção de medidas de enfrentamento à Covid-19.

A decisão foi efetivada por meio da Portaria Conjunta GDPG/CG Nº 006/2021, assinada pelo defensor público geral, Erisvaldo Marques dos Reis e pelo corregedor-geral, Francisco de Jesus Barbosa.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíDefensoria PúblicaDefensoria Pública

Conforme a Defensoria, foi consideradas as rientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), entre outros pontos como os dados divulgados pelo Governo do Estado do Piauí por meio do seu site oficial, informando que continua ocorrendo aumento de novos  casos confirmados de Covid-19, de óbitos, de ocupação de leitos clínicos e de UTIs, públicos e particulares, tanto em Teresina como no interior do Piauí.

Ainda de acordo com a Defensoria, foi levado em conta a necessidade de dar continuidade aos esforços para assegurar o cumprimento e a eficácia das medidas sanitárias em vigor e aumentar os índices de isolamento social, como forma de reduzir a progressiva propagação do novo coronavírus.

É considerada também a Portaria 746/2021 -PJPI/TJPI/SECPRE,  que prorrogou  para  o  dia  07  de  maio  de  2021  a  vigência  da Portaria 551/2021 -PJPI/TJPI/SECPRE, que suspendeu  por  prazo  indeterminado a  realização  de  audiências  e sessões    presenciais, mantendo as audiências e sessões virtuais/remotas e por videoconferência.

Mais na Web