Piauí

Defesa de Tony Trindade ingressa com pedido de liberdade

A defesa do jornalista distribuiu o recurso e os autos foram remetidos para a 1ª Vara Federal Criminal.
20/08/2020 17h00 - atualizado

Nesta quinta-feira (20), a defesa do jornalista Tony Trindade ingressou com um pedido de liberdade provisória com ou sem fiança, após o apresentador ter sido preso na última terça-feira (18) pela Polícia Federal (PF).

A defesa do jornalista, representada pelo advogado Lucas Villa Lages, distribuiu o recurso e os autos foram remetidos para a 1ª Vara Federal Criminal, que deve ficar responsável por analisar o pedido.

Conforme a defesa de Tony Trindade, o jornalista possui várias comorbidades, que desaconselham sua permanência em penitenciária superlotada devido a pandemia da Covid-19.

  • Foto: DivulgaçãoJornalista Tony TrindadeJornalista Tony Trindade

Ainda segundo a defesa, a soltura de Tony Trindade não irá trazer riscos para as investigações ou para a sociedade, afirmando que a prisão do jornalista irá trazer “irreparáveis prejuízos à sua saúde física e mental, à sua reputação e carreira profissional, bem como atinge seus direitos e garantias fundamentais constitucionalmente assegurados”.

Caso o pedido de liberdade provisória seja negado, a defesa pede que seja substituída a prisão por medidas cautelares ou por prisão domiciliar.

Entenda o caso:

Na última terça-feira (18) a Polícia Federal prendeu o jornalista Tony Trindade durante as ações da Operação Acesso Negado, na qual o apresentador foi acusado de atrapalhar as investigações da Operação Delivery que apura o desvio de recursos públicos do Fundeb para a Prefeitura de União.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web