Política

Deolindo questiona legalidade de desocupação no Nova Teresina

A desocupação, realizada pela Prefeitura juntamente com a Polícia Militar, derrubou casas e deixou centenas de famílias desabrigadas.
  • DA REDAÇÃO
06/08/2019 20h10 - atualizado

Nesta terça-feira, 6 de agosto, em pronunciamento realizado no retorno das atividades legislativas na Câmara Municipal de Teresina, o vereador Deolindo Moura (PT) criticou a situação das famílias do bairro Nova Teresina atingidas pela desocupação realizada pela Prefeitura de Teresina.

A desocupação, realizada pela Prefeitura juntamente com a Polícia Militar, derrubou casas e deixou centenas de famílias desabrigadas. O parlamentar questionou a legalidade da ação.

“Essa ação já foi feita três ou quatro vezes, e, em nenhuma delas, foi autorizada mediante mandado judicial. Isso provoca estranheza. A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte se comprometeu a fazer estudos antes de reivindicar desocupação naquele local, mas descumpriu esse acordo”, afirmou.

  • Foto: Divulgação/AscomVereador Deolindo Moura (PT) em pronunciamento na Câmara Municipal.Vereador Deolindo Moura (PT) em pronunciamento na Câmara Municipal.

O vereador garante que estão sendo tomadas providências para compensar a população afetada. Ele frisou ainda que foi protocolada solicitação para audiência pública na Câmara com os moradores do local, representantes da SDU Centro/Norte, Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH) e Polícia Militar.

“Estamos movendo uma ação na área civil, pela questão da terra, bem como criminal, pela forma como aquelas pessoas foram despejadas de suas casas recém-construídas naquela região. Nós sabemos que este é um problema presente no nosso país, e na nossa cidade não é diferente, mas que deve ser resolvido com diálogo e com muita sensibilidade. Também vamos conversar com outros órgãos, com representantes do Poder Judiciário, para discutir o assunto”, completou.

Mais na Web