Política

Deputado Alexandre Frota é condenado a pagar R$ 50 mil por fake news

A Justiça condenou o deputado federal Alexandre Frota a indenizar Gerson Florindo de Souza, ex-presidente do PT de Ubatuba.
29/06/2020 11h00 - atualizado

A Justiça de São Paulo condenou o deputado federal Alexandre Frota a indenizar Gerson Florindo de Souza, o ex-presidente do PT de Ubatuba, por fake news. O ex- ator pornô terá que pagar R$ 50 mil.

Durante as eleições de 2018, o parlamentar gravou um vídeo em suas redes sociais afirmando que o petista se disfarçou de eleitor de Jair Bolsonaro e entrou em uma igreja em Brasília para atacar e xingar Fernando Haddad.

 À época, Frota era apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

“Vejam só aonde chega a canalhice desse partido. Ele se disfarçou para tentar culpar os seguidores de Jair Bolsonaro por esse papelão”, disse o parlamentar no vídeo. Contudo, o acusado provou que não estava em Brasília no dia em que o fato ocorreu.

O deputado terá que pagar uma indenização de R$ 50 mil a Gerson e publicar um texto em suas redes sociais fazendo a retificação. Ele pode recorrer da decisão.

Com informações de Gazeta Brasil.

Mais na Web