Piauí

Deputados querem inspeção do TCE no transporte público de Teresina

De acordo com o documento, aprovado durante a sessão virtual, os deputados afirmam que milhares de passageiros vem sendo prejudicados com a paralização do transporte público.
08/11/2020 07h45 - atualizado

Deputados estaduais da bancada do PT, subscrito pelo deputado João Mádison (MDB), apresentaram um pedido ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) para que seja realizada uma inspeção na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) de Teresina para apurar as causas e responsabilidades pela crise no sistema de transporte público.

De acordo com o documento, aprovado durante a sessão realizada nessa quarta-feira (04), os deputados afirmam que milhares de passageiros vem sendo prejudicados com a paralização do transporte público. Os deputados pedem ainda a inspeção nos aspectos legais e economicidade dos procedimentos para custear as empresas operadoras do sistema, além da apuração dos prazos dos repasses de custeio do Fundo Municipal de Transporte.

  • Foto: Divulgação/AlepiDeputados querem inspeção do TCE no transporte público de TeresinaDeputados querem inspeção do TCE no transporte público de Teresina

Segundo a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), ainda durante a sessão, a deputada Teresa Britto (PV) apresentou dois requerimentos pedindo à Secretaria de Educação (Seduc) a reforma da Escola Gervásio Costa, em Barras, e a construção de uma quadra no Centro Educacional Freitas Neto, no bairro Piçarreira, em Teresina. Já a deputada Lucy Silveira (Progressistas), pediu informações sobre as despesas de investimento, custeio e com pessoal permanente, terceirizados, taxas, água, energia, internet e materiais de informática, merenda escolar e aluguel.

A deputada Flora Izabel (PT) apresentou um voto de repúdio ao juiz Hudson Marques, ao promotor Tiago Felício e ao empresário André Camargo, além de seus advogados, pela absolvição da acusação de estupro da publicitária Mariana Ferrer, em Santa Catarina, após os membros da Justiça consideraram que o estupro foi “culposo”, inexistente na Justiça do Brasil.  O deputado Ziza Carvalho (PT) apresentou um voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Campinas do Piauí, Chico de Miguel, aos 56 anos vitimado pela Covid-19.

Conforme a Alepi, estiveram presentes na sessão realizada de forma virtual o presidente da Casa, Themístocles Filho e os deputados Evaldo Gomes, B. Sá, Elisangela Moura, Firmino Paulo, Flora Izabel, Francisco Costa, Fábio Novo, Georgiano Neto, Gessivaldo Isaías, Dr. Hélio Oliveira, João de Deus, Liziê Coelho, Paulo Martins, Ziza Carvalho, Coronel Carlos Augusto, Júlio Arcoverde, Henrique Pires e Oliveira Neto.

Mais na Web