Política

Derrota nas eleições deixou PSDB enfraquecido, diz Venâncio Cardoso

O vereador afirmou que o partido saiu enfraquecido das eleições municipais devido à derrota de Kleber Montezuma em 2020.
11/03/2021 06h20 - atualizado

Nas últimas semanas, tem circulado pelos bastidores políticos que o ex-prefeito Firmino Filho e o deputado estadual Marden Menezes podem deixar o PSDB em breve e migrar para outros partidos. A possibilidade foi cogitada após comentários do vereador Venâncio Cardoso (PSDB) em recente entrevista à imprensa.

Em entrevista ao Viagora, Venâncio afirmou que a saída de lideranças da sigla pode ser devido ao partido ter saído enfraquecido das eleições municipais de 2020.

“O que tem sido colocado é essa posição do deputado Marden e do prefeito Firmino. Nós quatro que fomos eleitos agora em 2020 não podemos nem cogitar a possibilidade de mudar de partido devido à legislação não permitir. Acredito que o PSDB saiu da eleição municipal enfraquecido pela derrota que tivermos em Teresina, e nos resta aguardar os próximos passos do partido. Eu, particularmente, não vou ser candidato a deputado no próximo ano, então eu vou focar nas minhas metas a partir de 2024 somente”, afirmou.

  • Foto: Kelvyn Coutinho/ViagoraVereador Venâncio Cardoso (PSDB).Vereador Venâncio Cardoso (PSDB).

Para o vereador, é importante refletir sobre as ações que serão tomadas para o futuro do PSDB em Teresina.

“Eu acho que tem que sentar e pensar. Esse ano é um ano de quem vai ser candidato em 2022 procurar o partido que melhor lhe dá as condições, então é esperar essa primeira fase inicial, que é onde as pessoas vão identificar qual vai ser a estratégia das lideranças, para poder se manifestar de forma concreta a partir do próximo ano”, declarou.

Covid-19

Venâncio Cardoso comentou sobre a situação preocupante pela qual passa o sistema de saúde municipal e afirmou que sugeriu algumas ações para o Poder Executivo referentes ao combate da Covid-19.

“Estou sugerindo algumas coisas que eu acho importante. Por exemplo, hoje nós temos 13 UBS Covid só em Teresina. Nós estamos com um pico maior que o pico do ano passado, então o indicativo sugere um aumento dessas UBS. Na zona Norte, tem mais de 200 mil pessoas e só tem 2 UBS Covid, que é no Real Copagre e na Santa Maria, tem que aumentar esse número. As pessoas estão procurando as UBS para fazer o teste e não estão conseguindo, então isso vai aglomerando mais pessoas em uma UBS só. Todo mundo está satisfeitíssimo pela chegada da vacina, por mais que não esteja chegando no ritmo ideal, mas aí não é culta da Prefeitura, é culpa do Governo Federal. O que eu sugeri também é uma melhor logística na vacinação dos idosos, teve idoso que passou mais de 5 horas na fila, então nós sugerimos que os 8 terminais de integração sejam acrescidos para que seja feita essa vacinação. Por quê? Porque são locais amplos, abertos, projetado para ter fácil acesso, fácil saída, melhor fluxo de carros”.

“Nosso papel é esse, ninguém está criticando por criticar a Prefeitura. Eu acho que nesse começo de gestão nós devemos esperar para saber como vai ser de fato a gestão do Pessoa. O meu papel de vereador é de sugerir o que eu acho que é importante e eu estou sugerindo isso da logística da vacinação e do aumento das UBS”, comentou Venâncio.

O vereador falou ainda que é necessário ainda que sejam realizados em investimentos para ampliação de leitos clínicos e de UTI para atender pacientes diagnosticados com o novo coronavírus na capital.

“Os hospitais de campanha deram uma retaguarda importantíssima. A pandemia no mundo todo cresceu fortemente e foi diminuindo, muito se pensou que não era mais necessário ter custos com hospitais de campanha porque os casos estavam diminuindo, só que Teresina, como no mundo todo, está crescendo no número de casos, então eu acho que é o momento de se pensar no acréscimo substancial de leitos clínicos e de UTI Covid. Se a alternativa for hospital de campanha, tem que gastar esse dinheiro com hospital de campanha. Se não for, que eu acho que não tem esse dinheiro a curto prazo, eu acho que tem que investir na retaguarda. Teresina tem um histórico de que ninguém morreu precisando de UTI, todo mundo que precisou teve condições, e a gente quer que permaneça esse histórico”, completou.

Mais na Web