Polícia

Desembargador permite soltura de secretário de obras Valmir Tavares

O secretário Valmir Tavares foi preso por uma equipe da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), também na sexta-feira, durante a Operação Medium Parnahyba.
  • ISABELA DE MENESES
03/12/2017 11h50 - atualizado

Valmir Tavares de Sales, secretário de obras do município de Água Branca, teve um alvará de soltura concedido, pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí Sebastião Ribeiro Martins, nesse sábado (02).

Na sexta-feira (01), o juiz Ênio Gustavo Lopes Barros, substituto na Vara Única da Comarca de Água Branca, havia convertido a prisão em flagrante do secretário em prisão preventiva. Porém, a situação foi revertida.

O secretário Valmir Tavares foi preso por uma equipe da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), também na sexta-feira, durante a Operação Medium Parnahyba.

  • Foto: DivulgaçãoSecretário de Obras de Água Branca, Valmir SalesSecretário de Obras de Água Branca, Valmir Sales

Valmir já estava sendo investigado por ter envolvimento com o tráfico de drogas na cidade e havia um mandado de condução coercitiva contra ele. Na residência do secretário, os policiais encontram uma espingarda, um revólver calibre 38 e uma pistola. Por isso, ele foi preso em flagrante.

O alvará de soltura determinada que o secretário que estava preso na Delegacia de Água Branca, não saia da cidade e se apresente a justiça todas as vezes que for convocado oficialmente.

Mais na Web