Piauí

Detentos da Cadeia Pública de Altos recebem alta médica

Desde o início da infecção, que ainda segue sendo investigada pelo Governo do Estado, através das Secretarias de Justiça e de Saúde, os detentos estão apresentando melhoras.
04/06/2020 10h23 - atualizado

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informou que, nessa quarta-feira (3), apenas três detentos da Cadeia Pública de Altos continuam internados na rede pública de saúde.

Desde o início da infecção, que ainda segue sendo investigada pelo Governo do Estado, através das Secretarias de Justiça e de Saúde, os detentos estão apresentando melhoras.

Além do acompanhamento médico realizados em hospitais de Teresina, os detentos que apresentam qualquer sintoma de infecção estão sendo atendidos na própria Cadeia Pública de Altos. Uma enfermaria foi estruturada na unidade penal com a presença diária de médicos e profissionais de enfermagem. A cada dia, esse número de atendimentos reduz, conforme a evolução dos quadros clínicos dos apenados.

“Agradecemos o apoio do Governo do Estado e empenho de nossos profissionais nessa situação ocorrida na Cadeia Pública de Altos. Com o passar dos dias, o reflexo do trabalho feito é o de melhoria nos quadros de saúde dos detentos. Acreditamos que logo descobriremos a causa dessa situação e cortaremos esse mal pela raiz”, frisou o secretário de Justiça, Carlos Edilson.

Mais na Web