Polícia

DHPP assume investigação de crime contra vigilante baleado em Teresina

O crime aconteceu dia 7 de agosto no bairro primavera, os autores ainda não foram identificados.
18/09/2020 09h14 - atualizado

A tentativa de latrocínio contra um vigilante de um hospital particular passa a ser investigada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O crime aconteceu dia 7 de agosto no bairro primavera, zona norte de Teresina. Os autores ainda não foram identificados.

A investigação estava à cargo do 2° Distrito Policial, mas por determinação da Delegacia Geral do Piauí, foi transferida para o DHPP. De acordo com o delegado Genivaldo Vilela, o vigilante Valdeci Alves da Silva foi baleado e, em seguida, o assaltante levou sua arma.

“Naquela data, um homem se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo contra ele e, em seguida, saiu do local levando a arma que o vigilante portava. O suspeito teve o apoio de outro que estava em uma moto”, declarou.

O vigilante foi atingido na região do tórax e a bala perfurou seu pulmão e o fígado, após vários procedimentos cirúrgicos (laparotomia, drenagem torácica e artrose de coluna torácica) Valdeci recebeu alta da UTI de um hospital particular, dia 21 de agosto.

O homem ficou na unidade hospitalar devido aos cuidados, médicos necessários no pós operatório, mas foi liberado depois de poucos dias. O DHPP pede que todas as informações sobre localização dos suspeitos sejam repassadas através do número 181.

Mais na Web