Saúde

Diretor do HGV pede para população doar sangue para cirurgias

De acordo com o diretor Gilberto Albuquerque, 13 cirurgias urgentes não podem ser realizadas devido à falta de sangue; o diretor faz um apelo à população.
24/03/2020 16h40 - atualizado

O diretor-geral do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Gilberto Albuquerque, disse em um vídeo nesta terça-feira (24) que o hospital não consegue realizar cirurgias devido à falta de sangue.

Segundo informações do diretor do HGV, 13 cirurgias urgentes estão em espera: uma neurológica e 12 ortopédicas.

No vídeo, Gilberto faz um apelo para que a população ajude nesse momento, já que é obrigatório o uso de sangue para a realização das cirurgias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Hospital Getúlio Vargas (HGV).Hospital Getúlio Vargas (HGV)

“Vários pacientes que nós temos internados estão sem condições de serem operados por falta de sangue. Você, que tem condições de saúde, que dá para fazer essa caridade, uma doação de sangue, que não pega coronavírus. Se você se desloca até o Hemopi com segurança, você está garantindo que essas pessoas sejam operadas", disse o diretor no vídeo.

O diretor do hospital relata que os pacientes continuam adoecendo e precisam ser operados. Por conta da pandemia de cornavírus, somente cirurgias de urgência e emergência estão sendo realizadas nos hospitais.

Confira o vídeo: 

Mais na Web