Saúde

Diretores da Anvisa autorizam uso de 2º lote da CoronaVac

O pedido foi autorizado por unamidade pelos diretores da Anvisa, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (22).
22/01/2021 18h18 - atualizado

Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira, 22 de janeiro, a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, o uso emergencial de um segundo lote da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 produzida pelo Instituto Butantã em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Meiruze Freitas, relatora do pedido feito pelo Instituto Butantã à Anvisa, foi a primeira a votar favoravelmente à aprovação do novo lote. O voto da diretora foi seguido pelo diretor-presidente da agência, Antônio Barra Torres, e pelos outros diretores da Anvisa, Rômison Mota, Alex Machado Campos e Cristiane Gomes.

“A vacina atende aos critérios de qualidade, segurança e eficácia para o uso emergencial”, declarou Meiruze Freitas ao votar pela aprovação.

O novo pedido de autorização do imunizante é referente ao uso emergencial de todas as doses envasadas pelo Butantã, que atualmente dispõe de 4,8 milhões de doses prontas aguardando liberação.

No último domingo, 17, um primeiro lote com 6 milhões de doses da CoronaVac já havia sido liberado para aplicação emergencial. Esse lote chegou pronto da China e começou a ser distribuído pelo Ministério da Saúde nesta semana.

Mais na Web