Piauí

Dr. Pessoa discute parceria com movimentos hip-hop de Teresina

Na oportunidade, o prefeito destacou que todas as manifestações artísticas e culturais da cidade serão respeitadas pela gestão municipal.
  • LAÍS VITÓRIA
15/02/2021 15h28 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (15), o prefeito de Teresina Dr. Pessoa e diversas entidades ligadas ao movimento hip-hop da capital, estiveram reunidos com o poder público municipal no Palácio da Cidade para discutir formas de parcerias para o desenvolvimento de ações voltadas para este segmento.

Na oportunidade, o prefeito destacou que todas as manifestações artísticas e culturais da cidade serão respeitadas pela gestão municipal. “Todos serão inseridos. Não há lugar no mundo que caminhe sem cultura e arte. Estamos chamando a atenção para embelezar nossa cidade e tirar nossas crianças e jovens da delinquência, através da arte e da cultura”, afirmou.

  • Foto: Ascom/PMTReunião com entidades ligadas ao movimento hip-hop.Reunião com entidades ligadas ao movimento hip-hop.

Inicialmente, ficou decidido que a Fundação Monsenhor Chaves atuará na qualificação dos artistas, além da possibilidade da criação de um espaço onde os mesmos poderão não somente desenvolver suas atividades, mas também oferecer oficinas de dança, rap, grafitagem e outras manifestações artísticas à comunidade teresinense.

O secretário municipal de Comunicação, Lucas Pereira, afirmou que a gestão do Dr. Pessoa pretende ajudar a classe no que for possível.

“Entendemos a importância do hip-hop como uma forma de expressão cultural e a Prefeitura de Teresina, na gestão do Doutor Pessoa, quer ajudar nisso. Estamos abertos aos projetos, queremos conhecer cada um deles para saber o que será proposto ao município e como poderemos ajudar”, completou Lucas Pereira, secretário municipal de Comunicação.

O presentante da Nação Hip-Hop em Teresina, José Eduardo "Alemão", conta que com essa oportunidade terão mais espaços para a suas atividades. “Essa sensibilidade do prefeito mostra que nós, do movimento hip-hop, poderemos ter mais espaço para desenvolver nossas atividades", afirmou.

Mais na Web