Piauí

Dr. Pessoa entregará 80 casas do Programa Lagoas do Norte

O residencial é composto de 1.022 unidades, entre casas e apartamentos, e foi construído pelo Lagoas do Norte em parceria com a Caixa Econômica Federal.
12/04/2021 11h10 - atualizado

O prefeito Dr. Pessoa entrega nesta segunda feira (12), as chaves das unidades habitacionais do residencial Parque Brasil a famílias atendidas pelo Programa Lagoas do Norte e pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh).

A solenidade está marcada para às 12h, na sede da Unidade de Projeto Socioambiental, localizada no prédio do Parque Lagoas do Norte. Essa é uma das obras a serem entregues nos primeiros 100 dias da nova gestão.

  • Foto: AscomUnidades habitacionais do residencial Parque Brasil.Unidades habitacionais do residencial Parque Brasil.

De acordo com a prefeitura, estarão presentes, seis famílias beneficiadas com unidades habitacionais, como forma de evitar aglomerações.

O residencial é composto de 1.022 unidades, entre casas e apartamentos, e foi construído pelo Lagoas do Norte em parceria com a Caixa Econômica Federal através do Minha Casa, Minha Vida.

Segundo a Semduh, as residências possuem uma rede de esgotamento sanitário com estação de tratamento, abastecimento de água com reservatório próprio, ruas asfaltadas, iluminação, áreas verdes e outras áreas destinadas à construção de escolas. Além disso, possuem várias escolas, unidade de saúde, comércio, hospitais e rede de transporte nas proximidades.

O diretor geral do Programa Lagoas do Norte, Bruno Quaresma, destacou que outras 600 unidades já estão ocupadas por famílias que perderam suas casas em alagamentos.

"Mais de 600 unidades já estão ocupadas por famílias que antes viviam em condições precárias, em casas alagadas. E estamos também trabalhando na formatação de um planejamento social para ser desenvolvido com essas famílias, com o objetivo de incentivar a sociabilidade e estimular o desenvolvimento econômico, geração de renda e a convivência harmônica", destacou.

O residencial possui 1.022 unidades, entre casas e apartamentos. A obra iniciou em 2018, teve investimento de mais de R$ 107 milhões e é financiada com recursos do banco mundial.

Mais na Web