Política

“É direito de cada um”, diz Jeová Alencar sobre possível saída de Pessoa do MDB

A declaração foi dada pelo presidente da Câmara de Teresina na manhã desta quarta-feira (3), durante a abertura do ano legislativo.
03/02/2021 12h57 - atualizado

Durante a solenidade de abertura da Câmara Municipal de Teresina, na manhã desta quarta-feira (03), o presidente da casa e vereador Jeová Alencar, falou a respeito da reforma administrativa e da possível saída do prefeito Dr. Pessoa do MDB

Em entrevista ao Viagora, o presidente disse que deve montar as comissões ainda hoje, para realizar uma segunda sessão e despachar para o plenário votar.

“Eu vou tentar montar essas comissões hoje ainda, para fazermos uma segunda sessão para que seja montada as comissões e chegando aqui, a reforma, será logo despachada para o setor legislativo”, disse Jeová.

Questionado se existiria algum conflito entre a Câmara e a prefeitura, com a possível saída do prefeito Dr. Pessoa do MDB, para acompanhar o presidente Jair Bolsonaro em outro partido, Jeová Alencar disse que a decisão é do prefeito e que isso não influi na relação entre os órgãos.

“Se você quiser mudar de partido, é um direito de cada um, acredito que foi mais uma maneira do Dr. Pessoa falar, acho que em 25 dias de mandato, não tem o porquê, mas assim é uma decisão dele, e a decisão que ele tomar, vamos respeitar, mas isso não influi em nada, na relação com a Câmara", afirmou.

Saída de Dr. Pessoa do MDB

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), revelou, nesta terça-feira (02), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu para que ele deixasse o MDB e se filiasse a uma sigla aliada ao Palácio do Planalto. Os dois se encontraram na semana passada em Brasília na primeira agenda do prefeito fora da capital do Piauí.

Dr. Pessoa disse que sua resposta era não, mas afirmou que só pensaria em trocar de legenda se o próprio Bolsonaro criasse um novo partido.

Mais na Web