Entretenimento

Editora Globo realiza demissão em massa antes do final do ano

O colunista Leo Dias, do Metrópoles, divulgou informações de que ao menos 18 profissionais, em sua maioria repórteres do jornal O Globo, já foram desligados, só neste ano.
15/12/2020 16h15

O colunista Leo Dias, do Metrópoles, divulgou informações de que ao menos 18 profissionais, em sua maioria repórteres do jornal O Globo, já foram desligados, só neste ano.

De acordo com a publicação, a Editora Globo está realizando nesta terça-feira (15) uma demissão em massa de seus colaboradores. Como a redação ainda não está funcionando normalmente devido ao isolamento social, diversos funcionários sequer foram desligados pessoalmente e as demissões aconteceram por chamada de vídeo.

Segundo Leo Dias, as demissões em massa já são uma realidade de alguns anos na Editora. Em maio houve uma reunião em que um editor executivo afirmou que em 2020 seria diferente. No entanto, o próprio diretor também já foi demitido.

As informações do colunista, dizem ainda que, no início da pandemia, o jornal propôs aos funcionários que, quem aceitasse uma redução de jornada e de salário teria uma estabilidade de seis meses na empresa. Entretanto, como este período já acabou, os funcionários ficaram sem a garantia da manutenção de seus empregos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web