Política

“Educação é o tema central da nossa campanha”, diz Kleber Montezuma

O ex-secretário municipal de Educação foi oficializado como candidato do PSDB à Prefeitura de Teresina em evento realizado na tarde dessa segunda-feira (14).
15/09/2020 06h23 - atualizado

Nessa segunda-feira, 14 de setembro, o PSDB realizou sua convenção partidária para as eleições deste ano em Teresina. O evento, que aconteceu no Atlantic City, no bairro São João, oficializou os nomes que disputarão os cargos majoritários e proporcionais na capital piauiense.

O prefeito Firmino Filho comentou sobre a homologação do nome de Kleber Montezuma como candidato a sucedê-lo no comando do Palácio da Cidade. Para o gestor, o ex-secretário dará continuidade ao trabalho realizado pelas gestões do PSDB.

“[Kleber Montezuma] tem compromisso com a cidade de Teresina, tem compromisso em fazer avançar a nossa cidade. A gente vai insistindo naquilo que deu certo, garantindo as nossas conquistas, fazendo melhor, fazendo mais, enfrentando novos desafios. O que queremos é estar junto das pessoas que acreditam no nosso projeto, para que possamos caminhar em toda a cidade de Teresina e levar nossa mensagem de futuro”, disse.

  • Foto: Lucas Klisman/ViagoraPrefeito Firmino Filho e Kleber MontezumaPrefeito Firmino Filho e Kleber Montezuma.

O professor Kleber afirmou que o ponto central da sua campanha será mostrar os resultados de sua gestão a frente da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

“Nossa principal mensagem é mostrar para os teresinenses todo o êxito que tivemos na Educação. A Educação é o principal tema da nossa campanha pelos bons resultados que obtivemos e porque tudo passa pela Educação. Vamos mostrar para os teresinenses que nossa experiência como administrador da Educação, assim como na Assistência Social, Habitação e Urbanismo, será levada para todas as outras áreas em favor da cidade”, declarou.

O candidato ainda comentou sobre críticas da oposição a respeito dos resultados do IDEB em Teresina, que acusam a Semec de maquiar os dados oficiais para obter melhores resultados.

“Essa crítica parte de quem não conhece [a realidade], porque ela inclusive agride aos professores. Os professores estão em sala de aula trabalhando e fazendo esse grande movimento, e nós queremos ser solidários aos nossos professores que trabalham e fazem seu trabalho com honestidade, e as famílias reconhecem que seus filhos estão aprendendo mais e melhor nas escolas da prefeitura”, completou.

Mais na Web