Polícia

Efrem Ribeiro denuncia que teve máquina fotográfica tomada por PM

Um policial da Força Tática do 8º Batalhão teria apagado fotos tiradas pelo jornalista.
VITOR FERNANDES
DE TERESINA
11/02/2018 17h43 - atualizado

O jornalista de Teresina Efrem Ribeiro prestou queixa neste domingo (11) no 21º Distrito Policial, no Jardim Europa, acusando um policial militar de tomar sua máquina fotográfica, enquanto exercia seu trabalho. O policial da Força Tática do 8º Batalhão da PM teria apagado fotos tiradas por Efrem.

  • Foto: Reprodução/FacebookO jornalista prestou queixa no 21º Distrito Policial de Teresina.O jornalista prestou queixa no 21º Distrito Policial de Teresina.

Efrem Ribeiro relata que “estava registrando a prisão de um homem acusado de tentar depredar um ônibus e oferecendo resistência”. Ele conta que no aparelho estavam fotos de trabalhos recentes.

“No cartão da máquina estava toda a minha cobertura dos blocos de Carnaval no sábado e domingo, dos homens que jogam futebol vestidos de mulher, do assassinato de um chef de cozinha no Jardim Europa e da prisão do homem. Como se meu trabalho não tivesse valor, os policiais deletaram várias fotografias que eu tinha feito”, disse o jornalista.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web