Política

Eleitor com sintomas de coronavírus deve justificar ausência

Apesar de estarem impossibilitadas de votar no primeiro turno, esses eleitores podem votar no segundo turno, caso já estejam recuperados.
13/11/2020 10h15 - atualizado

Em comunicado, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez um alerta para que fiquem em casa os eleitores que testaram positivo para a Covid-19 ou tiveram contato com alguém que apresentou sintomas da doença nos últimos 14 dias. A recomendação é de que essas pessoas justifiquem o voto e permaneçam em quarentena.

Apesar de estarem impossibilitadas de votar no primeiro turno, esses eleitores podem votar no segundo turno, caso já estejam recuperados. O voto pode ser justificado até 60 dias após a data do pleito, caso a pessoa precise faltar no dia.

Por causa do momento de pandemia que o mundo está vivendo, a Justiça Eleitoral orienta ainda que os eleitores que não irão votar realizem a justificativa do voto através da internet, para evitar aglomerações nas seções eleitorais. A justificativa pode ser realizada através do portal do TSE ou do aplicativo e-Título.

No entanto, vale lembrar que apenas eleitores em situação regular junto à Justiça Eleitoral podem emitir o e-Título e utilizá-lo para justificar o voto. Quem estiver com o título suspenso ou cancelado pode fazer a justificativa por outros meios, como as mesas receptoras de justificativa.

Mais na Web