Política

Elzuila Calisto destaca luta por igualdade e assistência à mulher

Segundo Elzuila, grande parte dos eleitores são mulheres, mas ainda falta mais representatividade feminina na política e destacou a necessidade de mais assistências às mulheres.
08/03/2021 18h14 - atualizado

A vereadora Elzuila Calsito (PT) participou de uma série de eventos nesta segunda-feira (08), em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, e fez declarações sobre a mulher na política, e destacou a importância de ações voltadas para a assistência às mulheres.  

Na avaliação da vereadora, eleita para o primeiro mandato, grande parte dos eleitores são mulheres, mas ainda falta mais representatividade feminina na política. Atualmente, das 29 cadeiras da Câmara Municipal de Teresina, apenas cinco são ocupadas por mulheres, são elas a vereadora Teresinha Medeiros (PSL), Thanandra Sarapatinhas (Patriota), Pollyanna Rocha (PV), Fernanda Gomes (Solidariedade), e a vereadora Elzuila.

  • Foto: DivulgaçãoVereadoras Pollyanna Rocha, Elzuila Calisto e Fernanda GomesVereadoras Pollyanna Rocha, Elzuila Calisto e Fernanda Gomes

“Mais da metade do eleitorado é feminino, mas a representatividade na política ainda é muito pouca. Precisamos seguir na luta por mais inclusão e igualdade de gênero”, comenta a vereadora durante um café da manhã na rádio comunitária Verona.

Em seguida, a vereadora participou de uma homenagem realizada pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (Smpm), que teve a presença do prefeito Dr. Pessoa. Na oportunidade, Elzuila destacou que é necessário que sejam realizadas mais ações voltadas para às mulheres.

“É importante demais que a prefeitura e as secretarias realizem ações de políticas públicas para oferecer assistência às mulheres que precisam, e eu como vereadora, me coloco a total disposição para contribuir com o meu trabalho. Hoje é um dia histórico que tem muito significado para todas as mulheres, é essencial que hoje a pauta seja o respeito e a igualdade. É ótimo ganhar flores e receber todas as mensagens de carinho, mas também é indispensável lutar pela nossa vida e nossos direitos” conclui a parlamentar”, afirmou Elzuila.

Mais na Web