Piauí

Empresas Equatorial e Águas de Teresina lideram ranking do Procon

Os dados foram divulgados na manhã desta sexta-feira (13), na sede do Ministério Público na zona Leste de Teresina.
13/03/2020 13h00 - atualizado

Iniciando as atividades em alusão ao Dia Mundial do Consumidor, o Ministério Público do Piauí apresentou o relatório das ações do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) no estado, referente ao ano de 2019. Os dados foram divulgados na manhã desta sexta-feira (13), na sede do órgão na zona Leste de Teresina.

  • Foto: Luís marcos/ ViagoraApresentação do relatório anual do ProconApresentação do relatório anual do Procon

De acordo com o relatório apresentado, os dados se baseiam nas ações prestadas pelo Procon Itinerante, programa do MP que percorre todo o estado piauiense realizando atendimentos ao consumidor.

Segundo a relatório apresentado pelo Procon, as três empresas que lideram o ranking das que mais tiveram reclamações de consumidores no ano de 2019 são, respectivamente, Equatorial Piauí, Águas de Teresina, e a empresa telefônica OI.

Ao longo do ano passado o Ministério Público, por meio do Procon, realizou 290 fiscalizações, além de 8 operações especiais que foram desenvolvidas. O valor somados de multas aplicadas em empresas pelo Fundo Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (FPDC) foi de R$ 32.205.144,85. A atuação da Junta Recursal do Procon (Jurcon) resultou em 361 processos que foram julgados, outros 218 foram arquivados.

  • Foto: Luís marcos/ ViagoraApresentação do relatório anual do ProconApresentação do relatório anual do Procon

As atividade em alusão ao Dia Mundial do Consumidor, celebrado no dia 15 de março, acontecem até o dia 20 desse mês. Além de palestras, a população também recebe atendimento do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, lançado também nesta sexta.

Mais na Web