Coronavírus no Piauí

Empresas são multadas por descumprirem protocolos em Teresina

Segundo a prefeitura, quatro dos estabelecimentos receberam advertências e dois foram autuados e receberam orientações para resolver os problemas identificados.
  • BRUNA LEÃO
24/08/2020 11h15 - atualizado

Apenas uma semana após a reabertura de bares e restaurantes, seis empresas já foram notificadas e multadas por descumprir o protocolo específico do setor em Teresina.

Segundo a prefeitura, quatro dos estabelecimentos receberam advertências e dois foram autuados e receberam orientações para resolver os problemas identificados.

A gerente de Vigilância Sanitária da FMS, Jeanyne Seba, falou sobre o descumprimento das medidas. “Observamos principalmente descumprimento no distanciamento das mesas, que deve ser de dois metros ou com instalação de barreira de acrílico, e a falta de informações visuais orientando detalhadamente os clientes sobre como proceder. Isso é muito importante pois sem orientação adequada eles podem vir a quebrar as regras ou entrar em conflito com os funcionários”, alerta

Outras irregularidades também foram identificadas durante as fiscalizações, como a falta de álcool em gel 70%, que deve ser fornecido em grande quantidade; mesas dispondo itens compartilhados devem substituí-los por sachês descartáveis. A Vigilância Sanitária municipal tem realizado fiscalizações diárias para prevenir contra a Covid-19. Uma multa no valor de R$ 1.800,00 pode ser aplicada em caso de descumprimento das medidas.

Com relação às regras para os clientes, Seba ressalta a obrigatoriedade do uso da máscara nos momentos em que eles não estiverem sentados em suas mesas, assim como a higienização das mãos ao entrarem nos locais. A assepsia deve ser feita em pias ou dispensadores de álcool 70%  instalados na entrada dos estabelecimentos.

A gerente da Vigilância Sanitária também fez novo apelo para que a população esteja atenta e colabore com a prevenção ao novo coronavírus em bares, restaurantes e praças de alimentação.

“Não basta apenas a organização do estabelecimento, os clientes também devem colaborar. Por isso, pedimos que todos obedeçam às regras, pois elas foram elaboradas para minimizar os riscos de transmissão da Covid-19”, diz Jeanyne Seba.

Mais na Web