Piauí

Empréstimo para Teresina será analisado no Plenário do Senado

O financiamento de US$ 45 milhões foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos.
10/07/2018 17h55 - atualizado

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (10) a operação de crédito de US$ 45 milhões para Teresina. Também foram aprovados empréstimos para o estado do Ceará e para a cidade de Joinville, em Santa Catarina. As propostas, convertidas em projetos de resolução, seguem agora para análise do Plenário em regime de urgência.

  • Foto: Pedro França/Agência SenadoReunião da Comissão de Assuntos Econômicos.Reunião da Comissão de Assuntos Econômicos.

A capital do Piauí pleiteia recursos para o financiamento parcial do Programa de Desenvolvimento Urbano Integrado - Teresina Sustentável. A operação deverá ser firmada junto à Corporação Andina de Fomento (CAF).

O Teresina Sustentável engloba ações em quatro eixos: mobilidade urbana; requalificação urbana e ambiental; modernização institucional e gestão.

O relator Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) considerou que "a atual situação de endividamento do município comporta a assunção de novas obrigações financeiras". Além disso, segundo ele, a prefeitura não possui pendências com a União quanto aos financiamentos e refinanciamentos dela recebidos e tem capacidade de pagamento.

Após a votação, o senador Ciro Nogueira (Progressistas) lembrou que Teresina é uma das capitais que mais crescem no país e, com isso, aumentam as demandas da população. O dinheiro, segundo ele, será fundamental para melhoria da infraestrutura urbana da cidade.

O prefeito Firmino Filho esteve em Brasília na semana passada para tratar desse financiamento. De acordo com a prefeitura, os recursos devem ser empregados em obras como a Via Sul, no projeto de Reabilitação do Centro de Teresina, e na obra do Parque Floresta Fóssil.

Mais na Web