Piauí

Entrega de Medalha do Mérito Renascença marca o Dia do Piauí

A Medalha do Mérito Renascença, a mais alta comenda do Estado, foi distribuída entre 31 homenageados nos graus Grande Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.
  • LETÍCIA DUTRA
19/10/2021 15h41 - atualizado

Nesta terça-feira (19), data em que se comemora o dia do Piauí, o Governo do Estado realizou um culto em Ação de Graças na Igreja Evangélica El Shaday e uma cerimônia de Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí, no Complexo Porto das Barcas, em comemoração aos 199 anos de adesão do Piauí a Independência do Brasil. Na celebração que ocorreu em Parnaíba foram homenageados homens e mulheres que trabalham para mudar a vida dos piauienses diariamente e contribuem para o desenvolvimento do Estado.

A Medalha do Mérito Renascença, a mais alta comenda do Estado, sendo o Grão-Mestre representado pelo governador Wellington Dias, foi distribuída entre 31 homenageados nos graus Grande Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro, de acordo com um alinhamento hierárquico inspirado na Legião de Honra, principal comenda francesa.

  • Foto: Governo do EstadoGovernador Wellington Dias em celebração da adesão do Piauí à Independência do BrasilGovernador Wellington Dias em celebração da adesão do Piauí à Independência do Brasil

Robson Reis, representante do grupo cultural Rei da Boiada, foi um dos homenageados e afirmou que ficou muito emocionado ao ser um dos escolhidos para receber a medalha do Mérito Renascença.

“Essa é uma homenagem maravilhosa ao nosso grupo. Faz com que a cultura do Piauí permaneça e cresça. Estou tão emocionado que perco até as palavras”, afirmou Robson Reis.

Felipe Lima, segundo-tenente do Corpo de Bombeiros, foi outro homenageado que recebeu a honraria pelos seus serviços prestados a corporação.

“Uma honra receber essa honraria pelos serviços prestados à corporação. Estou me dedicando muito aos incêndios florestais que acontecem ao longo do Piauí e também ao período de chuva, pois são duas áreas que eu me especializei. Sou especialista em salvamento aquático e também em incêndios florestais, formado no Mato Grosso. Fui indicado pelo comandante-geral, coronel J. Reis, e para mim é uma grande emoção, pois é o início de uma carreira que já venho há um bom tempo batalhando. Estou muito emocionado e só tenho a agradecer a Deus, a minha família e ao comandante J. Rego pela indicação. Espero que daqui venham mais honrarias de acordo com meu trabalho e dedicação”, declarou Felipe Lima.

O governador do Estado, destacou a importância da cerimônia e de sempre comemorar a participação do Piauí na batalha pela Independência do Brasil.

“Foi aqui em Parnaíba que ocorreu um ato que deu início a todo o processo da Independência do Piauí. Éramos para ser colônia de Portugal, mas graças a esse ato comandado por Simplício Dias, João de Deus, Leonardo Castelo Branco e muitos heróis e heroínas que tiveram a coragem de dar um grito de independência, nós vencemos”, ressaltou Wellington Dias.

Ainda segundo Wellington Dias, a batalha dos piauienses em busca pela independência deve ser motivo de orgulho e a celebração que ocorreu nesta terça-feira (19) serve para que os piauienses tenham consciência de sua importância nessa batalha.

‘nós queremos ficar integrados com o Brasil’, há documentos que comprovam isso. E Parnaíba se revela um polo importante a partir daí. Esse gesto já encorajou a montagem do primeiro governo, já permitiu que a gente tivesse, inclusive, logo depois esse enfrentamento, lá no Jenipapo. Cada um de nós piauienses devemos ter muito orgulho do que aconteceu aqui. Por isso que a cada ano eu volto para que tenhamos a consciência que não foi aquele levantar de espada lá no Ipiranga que resolveu tudo, teve uma batalha que foi enfrentada e o nosso povo do Piauí e da Parnaíba fazem parte dessa vitória”, finalizou o governador do estado.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web