Piauí

Espaço da Cidadania será construído na Rodoviária de Teresina

Conforme o governador Wellington Dias, o projeto contará com um investimento de R$ 8,8 milhões, e atenderá a região Sul da capital.
20/05/2021 18h10

Nesta quinta-feira (20), o governador Wellington Dias esteve reunido com o presidente da Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart), Eduardo Pedreira, empresa que administra as rodoviárias de Teresina, Picos e Floriano, para tratar do projeto de criação de um Espaço da Cidadania na Rodoviária de Teresina.

A superintendente de Parcerias e Concessões (Suparc), Viviane Moura e com Igor Neri, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), também estiveram presentes.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíReunião sobre a construção do Espaço da CidadaniaReunião sobre a construção do Espaço da Cidadania

De acordo com o projeto, o espaço irá oferecer serviços, como expedição de carteira de identidade, segunda via de contas de água e luz, emissão de guias de pagamento, serviços relativos à habilitação, dentre outros. Conforme o governador, o projeto contará com um investimento de R$ 8,8 milhões, e atenderá a região Sul da capital.

“Acertamos novos investimentos nessa área das rodoviárias. Em Teresina, a novidade é a proposta da criação de um centro integrado para serviços ao cidadão, um Espaço da Cidadania, junto com a rodoviária para atender toda essa região sul de Teresina e acredito que é investimento relevante, estimado em mais ou menos R$ 8 milhões, mantendo essa modelagem de investimento e lá na frente se manter como patrimônio do povo do Piauí”, afirmou.

Viviane Moura ressalta a necessidade de incluir na parceria com a Sinart a criação de um Espaço da Cidadania, e destaca que o espaço tem previsão de início já em junho e conclusão em 12 meses.

“A partir de um levantamento realizado pela própria concessionária sobre o que movia mais as pessoas no deslocamento, principalmente intermunicipal, ou seja, dentro do próprio estado, foi constatado que a maior parte das pessoas vem em busca de serviços, seja de saúde ou de atendimento ao cidadão. A empresa percebeu que, em razão dessa demanda, é adequado e até muito mais confortável e mais rápido ter um espaço de vários serviços dentro da própria rodoviária. Como não tem espaço para que consigamos colocar todos os serviços juntos, a empresa irá construir, com previsão para começar a construção em junho e a meta é que em 12 meses esteja pronto”, declarou.

Para o presidente do Sinart, o projeto que deve ser construído de forma rápida, trará inúmeros benefícios à população: “O projeto é moderno, anexo à própria rodoviária, que vai beneficiar toda aquela população que mora na região próxima, como também as pessoas que precisam se descolar para Teresina. Então, é um projeto que envolve cerca de R$ 8, 8 milhões e teria que ser construída de maneira rápida para podermos desfrutar do resultado, acredito que será um benefício muito grande à população”, reiterou.

Mais na Web