Política

"Estamos conversando com intensidade com o União Brasil", diz Robert

O vice-prefeito da cidade de Teresina admitiu que está em processo de tratativas com o novo partido.
  • LETÍCIA DUTRA
20/10/2021 08h51 - atualizado

Nessa terça-feira (19), Robert Rios (PSB), secretário de Finanças de Teresina e vice-prefeito, afirmou que existe a possibilidade do grupo do prefeito Dr. Pessoa (MDB) vir a liderar o novo partido União Brasil no Piauí.

Ao Viagora, o vice-prefeito admitiu que está em processo de tratativas com vários partidos para analisar sua filiação e liderança e que o União Brasil é um deles.

“Nós estamos em tratativas com vários partidos e o União Brasil é um que já estamos conversando muito, com com muita intensidade. É um partido grande, se o DEM e o PSL se juntam e eu imagino que se juntaram para criar uma terceira via nacional e se tiver essa terceira via nacional eles vão precisar de uma terceira via do estado e nós somos a força que está sobrando”, explica Robert Rios.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraSecretario de Finança, Robert RiosSecretario de Finança, Robert Rios

De acordo com Robert Rios, a terceira via formada seria uma chapa em oposição as outras alianças formadas pelo governador Welligton Dias e o secretário de Fazenda Rafael Fonteles (PT), e a outra pela deputada federal Iracema Portella (PP), e o ex-prefeito Sílvio Mendes.

“A força do Wellington Dias que já é Welligton Dias, Rafael Fonteles e Lula. Outra força já é a do Ciro Nogueira que Ciro Nogueira, Iracema Portella e Bolsonaro, então se for a terceira via nacional sobra aqui a equipe do Dr. Pessoa e o grupo dele”, afirma o secretário de Finanças de Teresina.

Ao ser questionado se deixaria o partido PSB para comandar o União Brasil no Piauí, Robert Rios não descartou a possibilidade:

“Se o presidente do PSB, Wilson Martins, está deixando o partido imagine eu”, relatou o vice-prefeito.

Robert Rios ainda afirmou que após as tratativas entre os partidos o próximo passo seria escolher como montar a terceira via, pois segundo ele existem nomes de sobra como possibilidades para construção desta chapa.

Dr. Pessoa e MDB

O secretário de Finanças avaliou também a possibilidade do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, deixar o partido MDB para se juntar a terceira via. 

“O Dr. Pessoa disse para imprensa que tem 50% de chance, pode deixar ou pode não deixar o partido. Eu não vejo desgaste dele com o MDB, eu vejo que o partido já tem um rumo tomado, uma decisão já certa, não tem dúvida nenhuma. O MDB está na base aliada do Welligton Dias, no candidato a vice, e nós não tratamos disso, isso não foi tratado com o grupo do Dr. Pessoa. O partido MDB é uma coisa, o Dr. Pessoa é outra”, finaliza Robert Rios.

Mais na Web