Política

“Estou dedicando toda minha energia e atenção à Semest”, diz Gessy

De acordo com a secretária da Semest, uma das orientações do prefeito Dr. Pessoa é que os secretários tenham uma atenção especial para a população mais carente.
15/01/2021 11h35 - atualizado

Em entrevista ao Viagora, a nova secretária municipal de Economia Solidária, Gessy Fonseca, fez declarações sobre o trabalho que será desenvolvido a frente da pasta, futuro na política, dentre outros assuntos.

De acordo com a secretária, uma das orientações do prefeito Dr. Pessoa é que os secretários tenham uma atenção especial para a população mais carente, e destaca que essa é uma das preocupações do novo prefeito, de “mudar essa realidade”.

“Dr. Pessoa, ele tem muito esse olhar social para os que mais precisam, para as pessoas de baixa renda. Então, isso na verdade é uma cobrança que ela faz para as pastas, para o secretariado como um todo, esse olhar voltado pra quem mais precisa. Então, ele sempre nos aconselha nesse sentido, de ter um olhar sensível pra quem precisa, ele deseja realmente mudar essa realidade de Teresina no sentido econômico, de que essas pessoas tenham uma qualidade de vida melhor. A cobrança é exatamente nesse sentido, para que a gente trabalhe para de fato apresentar um projeto para essas pessoas”, comentou a secretária.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraGessy Fonseca, secretaria de economia solidáriaGessy Fonseca.

Gessy Fonseca foi uma das candidatas na disputa pela Prefeitura de Teresina pelo PSC, e terminou o primeiro turno das eleições em terceiro lugar, com 50.221 votos, o que representa 12,14% votos válidos. Sobre o resultado da eleição, Gessy destaca que tinha como objetivo apenas finalizar a missão que recebeu, sem muitas expectativas.

“Quando eu entrei na campanha eu não era política, nunca tinha participado de nenhuma disputa eleitoral. Eu sempre fui um pouco mais afastada dessa questão política partidária, então quando eu fui convidada para essa missão, eu entrei com um olhar muito focado em concluir. Eu não gerei muitas expectativas, eu queria concluir essa caminhada da melhor maneira possível, dando o meu melhor, me esforçando, porque é difícil em uma disputa eleitoral, uma candidatura majoritária, é muita cobrança, é muita exposição. Quando chegou no dia da apuração, que eu olhei, eu não fiquei surpresa, mas foi fruto daquilo que eu plantei. Foi uma coisa muito natural para mim, não esperava que fosse tanto, mas também não tinha essa expectativa. Foi muito natural”, relatou Gessy.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraGessy Fonseca, secretaria de economia solidáriaGessy comentou sobre a possibilidade de se candidatar a um cargo no Poder Legislativo.

Questionada sobre a possibilidade de disputar um cargo no Poder Legislativo Municipal ou Estadual, a atual gestora da Semest relata que essa possibilidade será o reflexo do trabalho que ela irá desenvolver a frente da secretaria, e que nesse momento os trabalhos precisam de uma atenção especial dela.

“Eu vejo que a política ela é um processo, um processo contínuo, como um plantio. Eu estou fazendo um trabalho dedicando exclusivamente toda a minha atenção, energia, às pessoas que estão trabalhando, cooperando com a secretaria, para que a gente faça um bom trabalho na Semest e que apresente um trabalho concreto para Teresina. Então essa questão política vai ser o reflexo daquilo que estamos plantando, eu acho que a questão político partidária não pode vir acima desse propósito que é desenvolver um trabalho para Teresina, alcançar as pessoas que precisam, desenvolver ainda mais a economia da nossa cidade”, relatou Gessy Fonseca.

Durante a entrevista, a secretária também informou que permanece no PSC (Partido Social Cristão).

Mais na Web