Política

“Eu não estou bem com o grupo do prefeito”, diz Jeová Alencar

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Teresina afirmou que a sua filiação ao MDB em 2020 já está certa.
14/10/2019 06h25 - atualizado

No início dos trabalhos do Legislativo em 2019 na Câmara Municipal de Teresina, o vereador e presidente da Casa, Jeová Alencar, admitiu a possibilidade de deixar o PSDB e se filiar ao MDB. O motivo da saída seria um desentendimento com o grupo político do prefeito da capital, Firmino Filho.

Em entrevista ao Viagora, Jeová Alencar disse que a sua filiação ao MDB já é certa e que, mesmo passando para a oposição ao prefeito, não teria rixas com o gestor municipal, mas tem um afastamento 

  • Foto: Hélio Alef/ViagoraJeová Alencar (PSDB).Jeová Alencar (PSDB).

“Com a nossa reeleição para a Mesa Diretora em 2017, nós tivemos um problema com o prefeito e o grupo dele. Isso deixou algumas marcas e gerou um afastamento. Tivemos uma aproximação com o presidente [da Alepi] Themístocles Filho, e hoje nós fazemos parte do mesmo grupo político. Eu não estou bem com o grupo do prefeito, e não tenho nada pessoal contra ele, mas é natural que eu vou seguir a quem nós estamos no mesmo grupo, que é o Themístocles, então o nosso caminho é o MDB. Quando abrir a janela, eu acho que nós temos que ser coerentes”, comentou.

Questionado sobre a sua participação na filiação do ex-deputado Dr. Pessoa ao MDB, o parlamentar afirmou que apenas trabalhou para que houvesse esse encontro, mas que o convite foi feito pelo deputado Themístocles Filho.

“Tive o prazer de estar junto com o Dr. Pessoa durante a sua campanha para governador em 2018, e sei do seu potencial e da pessoa que ele é, do que pode fazer pela nossa cidade. Tudo isso juntou e hoje estamos juntos lutando com o nome dele para a campanha de prefeito de 2020”, relatou.

  • Foto: GP1Jeová Alencar e Doutor PessoaJeová Alencar e Dr. Pessoa.

Presidente do diretório municipal do MDB em Teresina, Themístocles tem falado constantemente à imprensa que Dr. Pessoa é o candidato oficial da sigla ao pleito municipal, mas alguns emedebistas têm demonstrado interesse em colocar o seu nome para apreciação do partido. Jeová Alencar disse achar “legítimo” que essas lideranças tenham a intenção de concorrer ao Palácio da Cidade.

“Quando o deputado Themístocles convidou o Dr. Pessoa para se filiar ao MDB, ele também fez o convite para que o Dr. Pessoa fosse o pré-candidato a prefeito. Mas é legítimo e eu vejo com normalidade que qualquer um que seja filiado e tenha direito, coloque o seu nome para apreciação. Nas convenções é que se decide quem vai ser o candidato A, B, C. Não vejo como dissidências ou arestas. Isso é natural, o MDB é um partido democrático e eu sei que todos respeitarão a decisão da convenção. Tenho certeza que todos estarão unidos após a convenção”, finalizou.

Mais na Web