Política

Ex-deputada Flordelis é presa pela Polícia Civil no Rio de Janeiro

A prisão da ex-parlamentar aconteceu após um mandado expedido pela juíza Nearis dos Santos, da 3° Vara Criminal de Niterói.
14/08/2021 08h23

Nesta sexta-feira (13), a ex-deputada federal Flordelis foi presa em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A pastora estava em casa e foi comunicada sobre a prisão por policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Niterói, que está à frente das investigações desde junho de 2019. 

A prisão da ex-parlamentar aconteceu após um mandado expedido pela juíza Nearis dos Santos, da 3° Vara Criminal de Niterói.

A justiça fluminense aceitou o pedido de prisão feito pelo Ministério Público do Rio nesta sexta-feira (13). No documento, o MP cita que a prisão seria para corrigir a desproporcionalidade entre as medidas cautelares e a conduta de Flordelis. “Com a perda do mandato de parlamentar, a situação jurídica da ré deve ser revista, para sanar a desproporcionalidade que havia entre as medidas cautelares impostas e os fatos imputados e as condutas que a ré praticou para interferir na instrução e se furtar no momento da aplicação da lei penal”, diz o pedido encaminhado à 3ª Vara Criminal de Niterói. 

O MP também cita no documento que, por diversas vezes, Flordelis tentou manipular as testemunhas do processo que investiga a morte de Anderson do Carmo. 

Flordelis e mais 10 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público pelo assassinato, em 2019, de Anderson do Carmo de Souza, então marido da parlamentar.

Com informações da CNN Brasil.

Mais na Web