Coronavírus no Piauí

Ex-diretor do HGV Benedito Borges morre vítima de Covid em Teresina

O médico estava internado desde junho para tratamento da doença, mas não resistiu as complicações.
06/09/2021 14h19 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (06), o ex-diretor do Hospital Getúlio Vargas (HGV), o médico Benedito Borges da Silva, morreu aos 72 anos vítima da Covid-19 na cidade de Teresina.

De acordo com a assessoria de comunicação do HGV, Benedito Borges atuava como médico ginecologista e mastologista. Ele estava internado desde junho e faleceu na manhã de hoje no hospital São Marcos.

  • Foto: AscomBenedito Borges da Silva.Benedito Borges da Silva.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) divulgou de pesar lamentando o falecimento do médico e prestou solidariedade aos amigos e familiares de Benedito Borges.

O ex-diretor do HGV era graduado em Medicina pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), onde atuou como professor. Ele possuía Doutorado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo e pós-doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) vem a público manifestar profundo pesar pelo falecimento do médico ginecologista e mastologista Benedito Borges da Silva, de 72 anos, um dos mais respeitados especialistas de sua área, conhecido pela ética e dedicação.

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Piauí (1976), Benedito Borges da Silva era doutor em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo, atuando também como professor titular da UFPI e de outras instituições. Ao longo de mais de 40 anos de atuação profissional, era reconhecido como um dos mais respeitados especialistas de sua área.

Neste momento de tristeza, prestamos nossa solidariedade e nossas condolências aos familiares e aos amigos.

Mais na Web