Polícia

Ex-prefeito Osvaldinho é condenado a cumprir mais de 4 anos de prisão

A decisão desfavorável ao ex-prefeito de Morro Cabeça no Tempo foi expedida pela 3ª Vara de Justiça Federal. Ele teria desviado recursos do Fundo Nacional de Saúde durante seu mandado.
08/08/2018 15h04 - atualizado

O ex-prefeito Osvaldo Granja Filho, o Osvaldinho, do município de Morro Cabeça no Tempo no Piauí, foi condenado pela 3ª Vara da Justiça Federal, a cumprir mais de 4 anos de prisão, após uma ação penal movida pelo Ministério Público Federal no Piauí (MPF-PI).

Osvaldinho foi eleito prefeito do município no ano 2000 e teria desviado recursos do Fundo Nacional de Saúde durante o mandado. Segundo o MPF, o ex-gestor recursos avaliados em R$ 148.555.00 que deveriam ser aplicados na construção do Centro de Saúde do município, e não realizou a prestação de contas.

Ele também foi condenado pelo Tribunal de Contas da União a devolver o valor repassado ao município, após uma fiscalização realizada pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS), que constatou que o convênio para obra não tinha sido executado e não havia documentação relacionada ao convênio na Prefeitura de Morro Cabeça no Tempo.

Com a condenação, Osvaldo Granja Filho terá que cumprir 4 anos e seis meses de prisão em regime semiaberto. Ele também ficará inelegível pelo prazo de 5 anos, não podendo exercer cargos públicos ou função pública.

Mais na Web