Piauí

Expo Caju Piauí será realizada em junho em Teresina

De acordo com o produtor de eventos, Jorginho Medeiros, o projeto é importante para potencializar a valorização e profissionalização da produção de caju no Estado.
  • LAÍS VITÓRIA
24/02/2021 18h15

Nessa terça-feira (23), foi aprovado o apoio ao projeto da realização da Expo Caju Piauí ano 2021, durante encontro virtual da Câmara Setorial da Cajucultura do Piauí. O projeto é de autoria da Data Eventos.

A data do evento foi definida, em consenso, para ser realizada de 24 a 26 de junho deste ano em Teresina. Participaram do encontro representantes da Secretaria de Agricultura Familiar (SAC), Secretaria do Governo do Piauí, Central de Cooperativas de Cajucultores do Estado do Piauí (COCAJUPI), SINDICAJU, Sindicado das indústrias de Cajú, dentre outros.

  • Foto: DivulgaçãoProdução de cajusProdução de cajus

De acordo com o produtor de eventos, que também está na organização, Jorginho Medeiros, o projeto é importante para potencializar a valorização e profissionalização da produção de caju no Estado.

“Nós apresentamos à Câmara Setorial da Cajucultura o projeto Expo Cajú Piauí 2021 e foi aprovado com louvor pelos presentes. A ideia é revitalizar o caju e dar um novo momento para esse produto, porque é perceptível que a visibilidade alcançada pela cultura do caju em nosso Estado é muito artesanal, doméstica e, com esta leitura vamos cada vez mais perder mercado para nossos vizinhos Ceará e RGNorte. Ciente desta realidade pensamos em desenvolver o Projeto Expo Caju Piauí. Nós queremos potencializar a sua importância para que seja um produto tipo exportação, para que os produtores rurais, empresários e o Estado do Piauí possam ganhar com a plantação, produção e exportação do caju e de seus derivados”, explicou.

Na oportunidade, foram definidas as datas de realização do evento, o formato, parcerias e os objetivos a serem atingidos. Segundo o Jocibel Belchior, da COCAJUPI, com a potencialização e valorização da produção do caju e de produtos derivados do fruto será feito uma profissionalização da cultura do caju no nosso Estado.

 “Tivemos essa ideia da ExpoCaju, a partir do lançamento do Edital Maria da Inglaterra, da Lei Aldir Blanc como ponto de partida, e já contamos com alguns parceiros como a Cajuespi, Câmara Setorial da Cajucultura, Riverside Shopping e estamos nos articulando para fazer o melhor possível”, completa.

A proposta é que a edição de 2022 aconteça em Picos. "O Festival da Cajuina, evento que aconteceu em anos anteriores, deu uma alavancada e valorização do produto em território piauiense, mas devemos também trabalhar a produção de outros produtos que derivam do caju. Devemos expandir a realização da Expo Cajú Piauí para outros municípios como Picos, Parnaíba, Cocal da Estação, que hoje é o segundo maior produtor”, afirma Lenildo Lima, presidente da Cajuespi.

A Expo Caju Piauí conta com auxílio de recursos da Lei Aldir Blanc que apoia a cultura, por meio do edital Maria da Inglaterra, desenvolvida da sua Secretaria de Cultura do Piauí (SECULT), SIEC, Governo do Piauí, Governo Federal, e está em fase de capitação de parceiros e de desenvolver parcerias com profissionais e estudiosos da cajucultura, a fim de engradecer o evento com informações importantes sobre o segmento.

Diante da pandemia, o evento será realizado em formato híbrido, respeitando todas as medidas sanitárias recomendadas pela Organização Mundial da saúde (OMS), como o uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social e demais ações restritivas.

Mais na Web