Política

Fábio Abreu já gastou mais de R$ 1,2 milhão na campanha eleitoral

O candidato a prefeito de Teresina pelo PL, Fábio Abreu, declarou à Justiça Eleitoral ter gasto R$ 1.217.077,87 na sua campanha.
28/10/2020 15h31 - atualizado

Os candidatos à Prefeitura de Teresina começaram a declarar as despesas com a campanha eleitoral. O limite legal de gastos para os candidatos que disputam o pleito na capital neste ano é de R$ 2.469.880,06 (dois milhões, quatrocentos e sessenta e nove mil, oitocentos e oitenta reais e seis centavos) no 1º turno e R$ 998.752,03 (novecentos e noventa e oito mil, setecentos e cinquenta e dois reais e três centavos) para o 2º turno.

O deputado federal e ex-secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu (PL), declarou na plataforma de Divulgação de Candidaturas e Contas do TSE já ter gasto R$ 1.217.077,87 (um milhão, duzentos e dezessete mil, setenta e sete reais e oitenta e sete centavos) na sua campanha eleitoral.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraCandidato a prefeito de Teresina, Fábio AbreuFábio Abreu (PL).

As cinco maiores despesas do candidato foram: R$ 245.793,80 com atividades de militância e mobilização de rua; R$ 224.015,00 com publicidade por materiais impressos; R$ 143.165,00 com publicidade por adesivos; R$ 114.025,00 com cessão ou locação de veículos; e R$ 107.126,91 com despesas com pessoal.

Até o momento, Fábio Abreu recebeu R$ 1.053.085,85 em recursos oriundos de doações, sendo que R$ 1 milhão veio da direção nacional do seu partido, o Partido Liberal (PL).

O 1º turno das eleições municipais de 2020 acontecerá no dia 15 de novembro. O 2º turno, onde houver, está marcado para acontecer no dia 29 de novembro.

Mais na Web