Política

Fábio Sérvio diz que Georgiano não representa renovação política

"O ex-ministro Kassab dizer que o Georgiano é renovação política no estado do Piauí é brincar com a cara dos piauienses", disse Fábio Sérvio.
11/03/2019 19h00 - atualizado

O ex-candidato ao Governo do Piauí, Fábio Sérvio, comentou hoje (11) sobre a possível candidatura do deputado estadual Georgiano Neto (PSD) à Prefeitura de Teresina, que poderá ser seu concorrente em 2020. Para o empresário, Georgiano não representa renovação política.

“Os políticos não querem renovação. O ex-ministro Kassab dizer que o Georgiano é renovação política no estado do Piauí é brincar com a cara dos piauienses. Ele herdou o mandato do pai, tem inclusive força dentro de outros órgãos”, disse Fábio Sérvio, em entrevista à TV Cidade Verde.

  • Foto: Fábio Sérvio-Facebook/Georgiano Neto-FacebookFábio Sérvio afirmou que vai se candidatar à Prefeitura de Teresina e pode ter Georgiano como concorrente.Fábio Sérvio afirmou que vai se candidatar à Prefeitura de Teresina e pode ter Georgiano como concorrente.

Em visita a Teresina para participar de evento de filiações ao PSD, o ex-ministro e presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, defendeu o nome de Georgiano Neto para concorrer ao pleito na capital e afirmou que o deputado “seria uma belíssima representação do partido”.

Sobre seu envolvimento com o governo federal, Fábio Sérvio relatou que desde o primeiro momento posicionou-se sem interesse em cargos. Ela aproveitou para atacar o deputado federal Júlio César (PSD), pai de Georgiano Neto, e o senador Ciro Nogueira (Progressistas).

“O Júlio César precisa de cargos. Ele precisa colocar o ex-vereador Tiago Vasconcelos (filiou-se hoje ao PSD), tentar colocar ele no INCRA. O Ciro precisa de cargos porque ele tem que atender os 100 prefeitos que ele tem”, opinou o empresário.

Mais na Web