Coronavírus no Piauí

Firmino diz que Teresina teve queda de 85% em mortes por Covid-19

Na avaliação do prefeito Firmino, os números mostram que Teresina está conseguindo evoluir no tratamento da doença.
28/10/2020 14h23 - atualizado

O prefeito Firmino Filho apresentou nesta quarta-feira (28), os resultados da nova pesquisa sorológica de Teresina, e afirma que a capital teve uma queda de 85% no número de mortes desde o pico da doença na cidade, nos meses de junho e julho.

Na avaliação do prefeito Firmino, os números mostram que Teresina está conseguindo evoluir no tratamento da doença, e que além da queda no número de mortes há também redução no número de atendimentos.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito Firmino FilhoPrefeito Firmino Filho

“Ao longo do tempo já tivemos 1099 óbitos e você tem a distribuição dos óbitos. Ficaram em um platô alto em junho e julho. Depois fica claro a queda e se a gente comparar a média da semana passada com o pico houve uma queda de 85%. [...] A queda é muito maior do que a quantidade de consulta e de pessoas que tiveram a situação agravada. A queda de óbitos tem sido muito maior que a queda da doença, isso indica que o tratamento da doença evoluiu na cidade. Reduziu bastante a mortalidade”, comentou o prefeito.

Durante a transmissão ao vivo, o prefeito destacou que atualmente a capital está em uma situação estável, apesar de registrar um aumento de 6% no número de casos. Porém em comparação com o período de pico da Covid-19 na capital, houve uma queda de 60% nos atendimentos.

“A queda não se dá de forma uniforme, ela tem altos e baixos e vem caindo e parece que está estabilizada em um patamar melhor, mas com uma leve tendência à queda. Se a gente comparar com 15 dias atrás, há um crescimento de 6% e um aumento de menos de 15% é considerado estável e a tendência é de queda [...] Quando a gente compara a média que temos hoje em relação ao pico, temos 60% menos de atendimentos”, relata o prefeito.

Em relação aos leitos de UTI, Firmino disse que a cidade está com 56% dos leitos ocupados, e que diante disse se debate a possibilidade de fechamento dos leitos para a Covid-19.

Mais na Web