Coronavírus no Piauí

Firmino proíbe aglomerações em parques municipais de Teresina

O prefeito assinou um novo decreto suspendendo o acesso e frequência de pessoas em parques públicos municipais, como medida preventiva contra o coronavírus.
05/04/2020 11h35 - atualizado

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), assinou um novo decreto que suspende o acesso e frequência das pessoas em parques públicos municipais, áreas de recreação, de lazer e de práticas esportivas que possam proporcionar a aglomeração de pessoas. O decreto é mais uma medida adotada pela gestão municipal para conter o avanço do novo coronavírus.

De acordo com o gestor, ainda era intensa a presença de pessoas em espaços como as avenidas Raul Lopes e Marechal Castelo Branco, utilizadas para a prática de caminhadas e corridas. “A presença das pessoas nesses locais ainda está muito grande e, por conta disso, fizemos esse decreto. É preciso, de qualquer forma, evitar a aglomeração de pessoas e estamos fazendo o que tiver ao nosso alcance para preservar a vida da população”, afirmou.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de TeresinaParque Lagoas do NorteO decreto proíbe a aglomeração de pessoas em parques municipais, como o Parque Lagoas do Norte.

O decreto determina que a Guarda Civil Municipal está autorizada a conter qualquer tipo de aglomeração ou grande circulação de pessoas. A medida já entra em vigor de forma imediata e deve durar enquanto estiver estabelecido o estado de calamidade pública em saúde na capital. Medidas semelhantes já foram adotadas em outros estados e municípios, que proibiram o acesso a praias e calçadões.

Medidas preventivas

A Prefeitura de Teresina já adotou diversas medidas para evitar a proliferação do coronavírus na capital. Entre as medidas está a proibição de funcionamento dos estabelecimentos de comercialização e serviços, salvo aqueles que constituem serviços essenciais como alimentação e saúde. Outra medida foi a suspensão das aulas na rede pública municipal de ensino. Todas as medidas estão sendo acompanhadas e fiscalizadas pela Guarda Municipal.

Depois da edição dos decretos, mais de 2 mil estabelecimentos foram notificados e fechados pela Guarda por estarem descumprindo as determinações. A população pode cooperar denunciando o descumprimento dessas medidas. O cidadão pode denunciar estabelecimentos que estejam funcionando irregularmente através dos números 153, (86) 3215-9317 ou falar diretamente com o WhatsApp da Guarda Municipal, por meio do número (86) 99438-0254.

Mais na Web