Coronavírus no Piauí

Firmino propõe reabrir 20 setores na capital a partir de 6 de julho

De acordo com o prefeito de Teresina, a reabertura será feita em um turno de quatro a cinco dias da semana.
29/06/2020 17h30 - atualizado

Nesta segunda-feira (29), o prefeito Firmino Filho anunciou por meio de videoconferência a proposta com protocolos para a reabertura de alguns setores da economia a partir do dia 06 de julho em Teresina.

Segundo o prefeito, a proposta é de que a retomada seja feita em um único turno de quatro a cinco dias da semana com a restrição no número de clientes.

“Vamos disciplinar horários de abertura e fechamento dos negócios e distribuir melhor o funcionamento da cidade especialmente levando em conta a demanda de transporte público que precisam ser equacionados”, disse o prefeito.

De acordo com Firmino, os protocolos apresentam quatro níveis de restrições: branda, média, rigorosa e delivery, que serão aplicadas em 21 setores das mais diversas áreas. O prefeito disse ainda que a proposta será apresentada ao Comitê de Operações Emergências (COE) nesta segunda-feira (29).

Conforme o prefeito, o funcionamento dos estabelecimentos irá levar em consideração o número de funcionários que irão trabalhar e a quantidade de dias da semana que irá funcionar, sendo que a carga horária deve ser de seis horas por dia.

Com base na proposta, os setores que terão permissão para funcionar serão aqueles enquadrados com Restrição C (rigorosa), e deve funcionar apenas com 50% do teto operacional e com uma pessoa por 4m². Já o comércio varejista e de materiais de construção estão na categoria de Restrição D (delivery, Driver-Thru) e só poderão funcionar com entregas em domicílio ou retirada no local.  

Veja quais os setores que devem reabrir no dia 06 de julho

  • Foto: DivulgaçãoFirmino propõe reabrir 20 setores na capital a partir de 6 de julhoFirmino propõe reabrir 20 setores na capital a partir de 6 de julho

Mais na Web