Coronavírus no Piauí

Fluxo de pessoas no Centro de Teresina reduz após isolamento de ruas

De acordo com a prefeitura, com a medida adotada, fica restrito a acesso ao Centro de Teresina de segunda à sábado no horário de 06h às 18h, como determina o decreto nº 19.908.
14/07/2020 07h38 - atualizado

Nessa segunda-feira (13), foi o primeiro dia da restrição na circulação de veículos no Centro de Teresina, medida adotada pela prefeitura devido à grande movimentação de pessoas que foi registrado na região, e segundo a gestão municipal, houve redução no fluxo de pessoas.

Segundo a Prefeitura de Teresina, os dados são do monitoramento realizado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) com o objetivo de aumentar o isolamento social no Centro da capital.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de TeresinaCirculação de pessoas no Centro de Teresina reduz após isolamento de ruasCirculação de pessoas no Centro de Teresina reduz após isolamento de ruas

“Na manhã desta segunda-feira já sentimos uma melhoria, com menos pessoas circulando. Antes, havia muita movimentação, mesmo havendo poucos comércios autorizados a funcionar”, informou o diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira.

Conforme a prefeitura, com a medida adotada, fica restrito a acesso ao Centro de Teresina de segunda à sábado no horário de 06h às 18h, como determina o decreto nº 19.908 assinado na última semana pelo prefeito Firmino Filho.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de TeresinaIsolamento Centro de TeresinaCentro de Teresina

De acordo com a prefeitura, a circulação pelas ruas Desembargador Freitas, Paissandu, David Caldas e Avenida Maranhão será permitida, mas em alguns cruzamentos os motoristas não poderão fazer conversões para acessar a parte central da cidade. Os veículos sem permissão para circular nos perímetros isolados podem optar pelas vias paralelas ou próximas às interdições. Para quem deseja ter acesso à Ponte da Amizade, as rotas pelas ruas Paissandu, Riachuelo e Senador Teodoro Pacheco permanecerão normais.

Mais na Web