Coronavírus no Piauí

FMS já aplicou mais de 100 mil vacinas contra a Covid-19 em Teresina

A vacinação já contemplou idosos a partir de 68 anos, profissionais da saúde, acamados, agentes de serviços funerários e de segurança, deficientes físicos com 60 anos ou mais e com comorbidades.
09/04/2021 15h25 - atualizado

Desde 18 de janeiro deste ano, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) já aplicou 100.323 doses da vacina contra a Covid-19 na população de Teresina.

De acordo com a Diretoria de Atenção Básica (DAB) da FMS, só com a 1ª dose, foram vacinadas 78.744 pessoas, o equivalente a 9,1% da população e outras 21.579 receberam a segunda dose (2,5%).

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraVacinação de idososVacinação de idosos

A vacinação já contemplou idosos a partir de 68 anos, profissionais da saúde, acamados, agentes de serviços funerários e de segurança, deficientes físicos com 60 anos ou mais e com comorbidades.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, diz que em 100 dias de gestão do prefeito Dr. Pessoa, foi possível essa marca na aplicação da vacinação contra a Covid-19.

Segundo Gilberto, todas as orientações do prefeito de Teresona, estão sendo cumpridas, além de equipes de profissionais que planejam a logística para a aplicação das vacinas.

“Estamos cumprindo as orientações do prefeito Doutor Pessoa para trabalhar todas as ações da saúde. Temos equipes de profissionais que fazem todo o planejamento logístico da aplicação de doses nos públicos especificados pelo Ministério da Saúde e estão empenhados em atender a todos os públicos em cada etapa de aplicação da vacina”, disse.

A diretora de Atenção Básica da FMS, Laurimary Caminha, explica que a campanha de vacinação é extremamente logística.

“São duas marcas da vacina, prazos diferentes de aplicação da segunda dose, são muitos postos de aplicação em drive-thru, Unidades Básicas de Saúde, pontos de atendimento específico para profissionais de saúde e com equipes volantes para acamados e algumas categorias de profissionais. Outra ação da logística é a informação de todos os vacinados para o Ministério Público”, explicou.

Mais na Web