Política

“Foi uma missão de Deus”, declara Dr. Pessoa sobre resultado

De acordo com o prefeito eleito Dr. Pessoa (MDB), a população de Teresina “clamava” por mudança há muito tempo.
29/11/2020 21h21 - atualizado

O prefeito eleito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), recebeu apoiadores e a impressa no comitê de campanha, na noite deste domingo (29), na zona Leste de Teresina, após a Justiça Eleitoral confirmar a sua vitória, e afirmou que o seu primeiro ato como gestor será olhar para os cidadãos que estão excluídos da Constituição.

Segundo Dr. Pessoa, a população de Teresina “clamava” por mudança há muito tempo, e que essa é uma missão dada por Deus, ressaltando que no ano de 2016, quando ele também foi candidato a prefeito, ele teve a eleição tomada.

“[As emoções] São de alegria, o povo chamando. Foi uma missão de Deus e alegria minha e do povo de Teresina pela mudança que há muito tempo já vinha clamando. Em 2016, me tomaram as eleições. Como Deus é misericordioso, como Deus é bom. Agora chegou, que eu tive paciência, tive calma. Agora, Deus me deu a missão de comandar a maior cidade do estado do Piauí”, comenta o prefeito eleito.

  • Foto: Lucas Klisman/ViagoraPrefeito eleito, Dr. Pessoa (MDB)Prefeito eleito, Dr. Pessoa (MDB).

Questionado sobre a primeira ação como prefeito, Dr. Pessoa disse que irá olhar pelos cidadãos que estão excluídos da Constituição, e afirma que embora o outro candidato tenha tentado “macular” a história dele, não conseguiu.

“Lógico que a equipe que estava comigo e estiveram comigo [ajudou]. Embora eles [adversários] quiseram macular a minha história, mas Deus está acima desse maculadores das histórias de cidadão. [Meu primeiro ato será] ver o cidadão, cidadã excluído da Constituição, passando fome, dormindo ao redor das igrejas. Isso será meu primeiro ato. Dar um gostinho do que está na Constituição, de cidadania para esse excluído da sociedade”, afirmou Dr. Pessoa.

Mais na Web