Coronavírus no Piauí

Funcionária do Hemopi morre vítima de coronavírus em Teresina

De acordo com o Hemopi, a funcionária Perpétua Carvalho trabalhava há 34 anos na instituição e prestava serviços em diversos setores e participou da fundação do Homopi.
05/01/2021 12h00

Morreu na madrugada dessa segunda-feira (04) uma funcionária do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi), morreu em Teresina devido a complicações provocadas pela Covid-19.

De acordo com o Hemopi, a funcionária Perpétua Carvalho trabalhava há 34 anos na instituição e prestava serviços em diversos setores e participou da fundação do Homopi.

Por meio de nota, o Hemopi lamentou a morte da colaboradora, e prestou solidariedade aos familiares da colaboradora.

  • Foto: DivulgaçãoHemopi lamenta morte de funcionária vítima da Covid-19 em TeresinaHemopi lamenta morte de funcionária vítima da Covid-19 em Teresina

Confira a nota do Hemopi:

É com profunda tristeza que lamentamos a perda de nossa amiga e colaboradora Pepétua Carvalho. Ao Hemopi dedicou 34 anos de trabalho. Participou da fundação deste hemocentro em 1985, e exerceu ao longo desse tempo funções em diversos setores, sempre com dedicação e apreço pelo trabalho.

O seu sorriso ficará sempre em nossos corações. Um abraço fraterno a todos os familiares e amigos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web