Política

Gervásio Santos declara à Justiça Eleitoral patrimônio de R$ 150 mil

O professor Gervásio Santos é candidato a prefeito de Teresina pelo PSTU e irmão do também candidato a prefeito pelo PSDB, Kleber Montezuma.
23/09/2020 14h55 - atualizado

O professor Gervásio Santos, candidato a prefeito de Teresina pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), registrou sua candidatura na Justiça Eleitoral e declarou possuir um patrimônio de R$ 150 mil.

De acordo com a plataforma DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gervásio alegou possuir um veículo modelo Toyota Etios do ano de 2015, avaliado em R$ 30 mil e um apartamento no bairro Nova Descoberta, na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, avaliado em R$ 120 mil.

  • Foto: Divulgação/AscomGervásio Santos, candidato a prefeito de Teresina pelo PSTU.Gervásio Santos, candidato a prefeito de Teresina pelo PSTU.

A plataforma estabelece que o limite de gastos para os candidatos a prefeito no 1º turno das eleições é de R$ 2.496.880,06 (dois milhões, quatrocentos e noventa e seis mil, oitocentos e oitenta reais e seis centavos) e de R$ 998.752,03 (novecentos e noventa e oito mil, setecentos e cinquenta e dois reais e três centavos) no 2º turno.

Gervásio Santos é irmão do também candidato a prefeito de Teresina pelo PSDB, Kleber Montezuma. O candidato tucano já declarou seus bens ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), informando possuir apenas um veículo modelo Mitsubishi ASX ano 2015 avaliado em R$ 61.340,00 (sessenta e um mil e trezentos e quarenta reais), menos da metade do valor dos bens declarados pelo irmão.

Mais na Web