Política

Gleisi diz que decisão de Moro contra Lula é baseada em convicções

Ela disse, ainda, que o juiz ajudou a formar, junto aos meios de comunicação, a opinião pública.
  • VITOR FERNANDES
12/07/2017 16h47 - atualizado

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, discursou no plenário do Senado Federal após a condenação do ex-presidente Lula a 9 anos e 6 meses de prisão, feita pelo responsável pela Lava Jato em primeira instância, juiz Sérgio Moro.

  • Foto: Geraldo Magela/Agência Senado.Gleisi Hoffmann (PT).Gleisi Hoffmann (PT).

A senadora disse que a denúncia não traz prova material e que a decisão de Moro é baseada em convicções. Ela disse, ainda, que o juiz ajudou a formar, junto aos meios de comunicação, a opinião pública.

Gleisi denunciou que Sérgio Moro tomou decisão divergente a do caso de João Vaccari Neto (PT), que segundo ela, é processo semelhante. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) absolveu no dia 27 de junho de 2017, em segunda instância, o ex-tesoureiro do PT acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em ação penal que resultou da 10ª fase da Operação Lava Jato. Vaccari havia sido condenado por Sérgio Moro a 15 anos e quatro meses de prisão.

Mais na Web