Polícia

Governador Wellington Dias autoriza concurso para PM com 690 vagas

De acordo com o chefe de estado, o objetivo é garantir oportunidade de forma democrática para as pessoas que vão se preparar para o concurso, feito através da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).
14/12/2020 14h34 - atualizado

O governador Wellington Dias anunciou, a autorização do concurso público da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), que visa a contratação de 650 soldados e 40 oficiais. O anúncio aconteceu no Palácio de Karnak, na manhã desta segunda-feira (14), em Teresina e, contou com as presenças do secretário de Segurança, coronel Rubens Pereira, do comandante da PM-PI, coronel Lindomar Castilho, e o deputado Fábio Abreu.

De acordo com Wellington Dias, o objetivo é garantir oportunidade de forma democrática para as pessoas que vão se preparar para o concurso, feito através da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e, ao mesmo tempo garantir uma meta para que se tenha no mínimo 6 policiais militares em municípios menores garantindo 1 policial para mil habitantes no estado, trabalhando de forma integrada com equipamentos e sistema de comunicação.

O coronel Rubens Pereira, ressaltou que o edital será publicado posteriormente e, com esse ato desta segunda (14), o governador autoriza o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) a realizar os procedimentos para o lançamento do mesmo.

Lindomar Castilho, comandante da PM, disse que a expectativa é de que o edital seja lançado ainda este mês.

O deputado federal Fábio Abreu, que já foi secretário de Segurança, disse que além das vagas disponíveis, a corporação vai ganhar ainda mais 94 policiais de concursos anteriores.

Mais na Web