Piauí

Governo aprova mais de 4 mil trabalhadores no programa Piauí Auxílio

O benefício será concedido para 4.016 trabalhadores desempregados e pequenos empreendedores.
23/04/2021 10h24 - atualizado

O Governo do Estado do Piauí aprovou o pedido do auxílio emergencial para 4.016 trabalhadores dos setores de bar, restaurante e estabelecimento de eventos.

Por volta das 9h, desta sexta-feira (23), o site do Piauí Auxílio liberou a lista dos cadastros aprovados. O benefício será concedido aos trabalhadores desempregados e pequenos empreendedores.

A previsão é de o pagamento do “Piauí Auxílio” iniciar na próxima semana, de 26 a 30 de abril. Os beneficiários precisam inserir o CPF para ter acesso à informação. 

Na noite dessa quinta-feira (22), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) divulgou os dados e informou que serão investidos mais de R$ 4 milhões, que irão aliviar os efeitos socioeconômicos derivados da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a SDE, o site para cadastro chegou a receber, no período de 06 a 15 abril, 7.673 pedidos, mas, após análise dos dados, somente 4.016 tiveram o cadastro aprovado conforme a legislação do benefício.

A SDE ressalta que a medida faz parte de um conjunto de medidas do Governo do Estado pra ajudar pessoas físicas e jurídicas durante o período de pandemia. O total de 4.016 aprovados ficou dentro da expectativa do Governo do Estado, que estipulou o pagamento de quase 6 mil benefícios.

O trabalhador aprovado no “Edital Pessoa Física” vai receber a ajuda de R$ 1 mil, dividido em duas parcelas de R$ 500. Já o pequeno empreendedor aprovado no “Edital Pessoa Jurídica com CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas)” receberá o valor em cota única de R$ 1 mil.

A primeira parcela será paga na próxima semana. No momento do cadastro no site, os interessados registraram uma conta bancária para receber o auxílio. O beneficiado receberá o pagamento na conta cadastrada.

Conforme o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, informou que o Governo do Estado estava realizando o cruzamento de dados para evitar a duplicidade e fraudes no Piauí Auxílio. Após o cadastro e cruzamento de dados, a SDE enviou a lista para a Secretaria de Fazenda (Sefaz) para a liberação dos recursos.

Mais na Web