Piauí

Governo Federal reconhece situação de emergência em Anísio de Abreu

A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em Anísio de Abreu e em mais 22 municípios do país em razão de desastres naturais.
06/08/2021 18h11 - atualizado

Nesta sexta-feira (06), a Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em Anísio Abreu e em mais 22 municípios do país em razão de desastres naturais.

Conforme a defesa Civil, os municípios afetados podem solicitar recursos para socorro e atendimento à população, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura pública danificada.

O valor a ser liberado para cada município é definido com base em informações enviadas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD), onde a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados.

Estão na lista sete municípios da região Centro-Oeste, um da região Sul, três da região Norte e no Nordeste foi reconhecida situação de emergência em 12 municípios, na maioria deles por estiagem.

Nordeste

São eles: Campo Formoso e Euclides da Cunha, na Bahia; Ibirajura, em Pernambuco; Boa Saúde, Doutor Severiano, Frutuoso Gomes e Santana do Matos, no Rio Grande do Norte; Anísio de Abreu, no Piauí; e Nossa Senhora da Glória e Poço Verde, em Sergipe. Ainda no Nordeste, Campos Sales, no Ceará, e Pedro Avelino, no Rio Grande do Norte, registram seca.

Centro-Oeste

Já no Centro-Oeste, sete municípios do Mato Grosso do Sul entraram em situação de emergência por conta de incêndios florestais.

São eles: Aquidauana, Bodoquena, Bonito, Corumbá, Jardim, Miranda e Porto Murtinho. Desde o início da temporada de seca, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vem articulando ações com outros órgãos federais e estaduais para minimizar o risco de queimadas na região, sobretudo no Pantanal.

Amazonas

No estado do Amazonas, as inundações causadas pelas cheias de rios deixaram três municípios em situação de emergência.

São eles: São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatamã e Santa Isabel do Rio Negro. No momento, 53 municípios amazonenses estão em situação de emergência pelo mesmo motivo.

Sul

Na região Sul, o município de Itapoá, em Santa Catarina, entrou em situação de emergência por conta de marés de tempestades, também conhecidas como ressacas.

Mais na Web