Geral

Graça Foster garante a Assis Carvalho que Petrobrás continuará estudos na Bacia do Parnaíba

No lado maranhense, a exploração já foi iniciada pela empresa OGX.
    25/08/2012 06h22

    Estudos técnicos realizados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) detectaram indícios de petróleo e gás natural na bacia do Rio Parnaíba entre os Estados do Piauí e Maranhão. O tema foi abordado pelo deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) durante reunião da presidente da Petrobrás, Graça Foster, com a bancada do PT, na noite desta quarta-feira, 22.

    Imagem: ReproduçãoGraça Foster e Assis Carvalho.(Imagem:Reprodução)Graça Foster e Assis Carvalho.

    Assis Carvalho quer que seja dada prioridade ao processo de exploração, considerando que a iniciativa privada já saiu na frente. “O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, disse que o leilão dos lotes para a pesquisa e exploração de petróleo e gás natural no Piauí e Maranhão é a 11ª Rodada de Leilão determinada pelo Conselho Nacional de Política Energética. Ainda estamos aguardando a sua realização”, afirmou.

    Ele solicitou ainda que o estudo da viabilidade da exploração de gás natural na Bacia do Parnaíba, realizado pela ANP, seja encaminhado à Câmara para que a Casa possa pedir mais esclarecimentos sobre a não realização dos leilões. O deputado também solicitou à presidente da Petrobrás o planejamento para a inclusão da área na exploração realizada pela empresa.

    Graça Foster afirmou que vai responder oficialmente ao requerimento do deputado Assis. E que haverá continuação nos estudos na bacia do Parnaíba.

    No lado maranhense, a exploração já foi iniciada pela empresa OGX, do empresário Eike Batista, na cidade de Capinzal do Norte, localizada a 260 Km de São Luis. Segundo a OGX, as reservas têm de 10 a 15 trilhões de pés cúbicos de gás, o equivalente a 15 milhões de metros cúbicos por dia – metade do que a Bolívia manda ao Brasil diariamente.

    O ministro das Minas e Energia, em reunião com a bancada piauiense, este ano, informou que pesquisas sobre a exploração de petróleo e gás natural seriam realizadas em várias cidades do Piauí e do Maranhão considerando indícios da existência desses dois elementos entre as cidades de Parnaíba (PI), Araioses e Barreirinhas (MA).

    Mais conteúdo sobre:

    Mais na Web