Polícia

Greco prende quadrilha suspeita de assaltos e estupros em Teresina

Segundo a polícia, com a quadrilha foram aprendidos explosivos, um revólver com cinco munições intactas e um simulacro de arma de fogo do tipo pistola. A prisão aconteceu nesse domingo (05).
06/04/2020 06h55 - atualizado

A Secretaria de Estado da Segurança Pública, através do Grupo Repressão ao Crime Organizado (GRECO), realizou nesse domingo (05), a prisão  de seis homens que realizavam diversas ações criminosas nos estados do Piauí e Maranhão.  

Segundo a polícia, com a quadrilha foram aprendidos explosivos, um revólver com cinco munições intactas e um simulacro de arma de fogo do tipo pistola, bem como aproximadamente R$ 140 mil em dinheiro que estava marcado com tinta de segurança de caixas eletrônicos. 

A  polícia informou que o grupo realizou roubo a agência bancária na cidade de Pindaré-Mirin, no Estado do Maranhão. Em Teresina, um dos integrantes da quadrilha cometeu dois estupros em menos de 48 horas. As investigações iniciaram após esses estupros em série na Capital.

A ação policial foi desenvolvida pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado, Gerência de Polícia Especializada e Coordenadoria de Recursos Especiais, com apoio da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública. As prisões foram realizadas no bairro Catarina, na Zona Sul de Teresina.

Os suspeitos foram identificados como: J.P.S.C - Cuiabá/MT, L.A.L.S - Paraupébas/ PA, L.P.O - Buriticupu/MA , J.B.L - Rio Preto/SP
E.L.S -Petrolina/PE, P.L.S.C - Morada Nova/CE.

Mais na Web